RICARDO SUGANO

Um dos  sumôs estrangeiros mais fortes  atualmente e o único da America do Sul no banzuke (lista de classificação de jogadores de sumo  profissionais).

Nasceu em São Paulo/Brasil em 18 de dezembro de 1986. É descendente de japoneses de terceira geração e lutador profissional de sumô. Mede 1,94 m, pesa 197 kg e seu tipo sanguíneo é O.

Estreou em setembro de 2006 e chegou à divisão “makuuchi” em maio de 2011. Sua categoria mais elevada foi o “sekiwake” e até agora ganhou dois prêmios “Fighting Spirit”.

Primeiros anos de vida e sua iniciação no sumô

Durante a infância, Sugano não tinha nenhum interesse por futebol como seus amigos, nem se importava com as partidas transmitidas na televisão, ele se interessava mais por esportes de luta corporal como judô que praticou durante um tempo.

Quando tinha 16 anos, um amigo de seu pai sugeriu-lhe o sumô, alegando que seu grande porte se encaixaria perfeitamente neste esporte. Começou a praticar e passou a ganhar os campeonatos amadores de sumô do Brasil na categoria peso livre. Nesta época, ele acreditava que, pelo menos nos campeonatos de sumô amador do Brasil, tamanho e força eram suficientes para vencer. Assim, viaja para o Japão para tentar a carreira no sumô e é batizado com o nome de Kaisei Ichirō.

Carreira

Kaisei passou rapidamente pelas divisões inferiores e alcançou a terceira etapa “sandanme” em março de 2007. Ele foi promovido para a terceira divisão mais alta “makushita”, depois do torneio de março de 2008, mas posteriormente seu progresso estagnou um pouco. Competiu invicto no torneio de setembro de 2009 e em maio de 2010 tornou-se “sekitori” ao obter a promoção para “jūryō”. Ele foi o quarto brasileiro a alcançar esta divisão depois de Ryuko, Kuniazuma e Wakaazuma, mas Kaisei superou a todos ao atingir a categoria “makuuchi”. Depois de vencer na divisão “jūryō” em novembro de 2010 com resultado de 11 vitórias – 4 derrotas, venceu em janeiro de 2011 com 8 vitórias -7 derrotas, levando-o a atingir a categoria de “maegashira” em maio de 2011, mediante exame técnico.

Kaisei ganhou suas primeiras 6 lutas como “makuuchi”, tornando-se o primeiro estreante a conseguir o feito desde Takanonami em 1991. Em seguida marcou 8 vitórias sem derrotas, igualando o feito de Sadanoumi em 1980. Com 9 vitórias sem derrotas igualou o “yokozuna” Hakuhō , mas perdeu no décimo dia perante Tochinoshin, deixando de alcançar o feito do grande Taihō, que chegou a 11 vitórias sem derrotas em 1960. Mesmo assim, sua marca final de 10 vitórias – 5 derrotas, levou-o a ganhar o prêmio “Fighting Spirit”. Também teve a honra de servir como *Tsuyuharai (condutor) na cerimônia que consagrou Hakuho como “Yokozuna”.

*Tsuyuharai, é um dos dois assistentes que acompanham um yokozuna quando ele executa sua cerimônia de entrada no Dohyo-iri (ringue). O outro atendente é chamado de Tachimachi.

Estilo de luta

As técnicas preferidas de Kaisei enumeradas na Associação de Sumô, são:

  • Migi-yotsu: a mão esquerda fora, a mão direita dentro agarrando o “mawashi” do rival
  • Yori: forçando
  • Oshi: investida

Seus “kimarites” mais comuns são simples: “yori-kiri” (força para fora) e “oshi-dashi” (expulsão).

Ricardo Sugano2

 

 

 

 

 

 

 

* Com Ricardo Sugano no torneio de Julho de 2016.

Edição e fotos: Andrea Nakasone
GUIA DO JAPÃO- www.guiadojapao.com
O seu guia de viagem no japao, operado pela Earth Design Co.
Agência de Viagens e Operadora de turismo no Japão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *